Órbita

  

A órbita é uma cavidade óssea que aloja o globo ocular, os músculos, a gordura orbitária, os nervos e os vasos sanguíneos do olho. Entre as patologias mais comuns na órbita estão os tumores orbitários e a Doença Ocular Tireoidiana ou Orbitopatia de Graves. Alguns tumores são benignos, mas devem ser removidos para não levar à perda visual. Os tumores malignos requerem biópsia ou cirurgia para evitar disseminação.

 

A Doença Ocular Tireoidiana ou Oftalmopatia de Graves é uma enfermidade autoimune em que os linfócitos, células encarregadas de nos defender contra as infecções e de regular as inflamações, atuam incorretamente e atacam diferentes órgãos do corpo. Os olhos também podem ser afetados nesta doença. A inflamação e o edema (acúmulo de líquido) que se produzem nestes tecidos fazem com que aumente o volume da gordura e os músculos engrossam. Assim, o globo ocular é movido para frente, promovendo sua protusão (exoftalmia ou proptose). O aumento dos tecidos frouxos das pálpebras e sobrancelhas produz um aspecto de “olhos saltados”.